Conheça os 10 modos de aproximação mais odiados pelas mulheres


Nós sabemos... Aquela que está passando pode ser a mulher da sua vida (ou pelo menos a que fará a sua noite ser fantástica). E fica difícil, em uma fração de segundo, pensar na melhor abordagem possível. Pois, então, faça o seguinte: conheça as dez maneiras que um homem nunca deve optar para se aproximar de uma mulher. Sabendo essas, fica mais fácil acertar.

1. Passar a mão no cabelo
Sabe quando passa aquela mulher linda, com cabelão comprido, e você acaricia uma mecha dele? Elas odeiam! “Não suporto que encostem nos meus cabelos. Homens, principalmente na balada, fazem muito isso. Minha vontade é virar um tapa”, diz Carolina Xavier, 28 anos.

2. Segurar pelo braço
“Fala mas não pega!”, alerta Carina Salomão, de 29 anos. “O cara tem medo que você saia andando enquanto ele tenta uma abordagem e já vai segurando o seu braço. É horrível”. A dica dela, portanto, é pensar em um argumento convincente para que ela pare e preste atenção. “Se me segurar, eu empurro.”

3. Cantadas prontas
Cantadas prontas e xavequinho barato são queimadores imediatos de filme, segundo Michelle Vargas, de 28 anos. “Eu não gosto. E acho que mulher nenhuma cai... A melhor maneira é conversar numa boa, normalmente.”

4. Comentários libidinosos
Cuidado com as impressões precipitadas. “Por mais que a mulher seja desencanada, a pior coisa é homem que já chega com apelos sexuais diretos”, diz Michelle Vargas. “Tem que ir com calma.”

5. Avançando o sinal
Sabe aquele clima carnavalesco de chegar beijando? Cuidado. “Tem homem que pensa que por você estar na balada, com uma cerveja na mão e dançando, basta chegar agarrando. Além de tomar um empurrão, perde qualquer chance de tentar uma nova aproximação”, diz Ana Carolina Silvestre, de 27 anos.

6. Bancar o medroso
Não chegue cheio de dedos para conversar com uma mulher, morrendo de medo de um fora. “Desculpe interromper, mas posso falar com você?”, exemplifica Ana Carolina, que diz que as abordagens muito tímidas irritam e desanimam. “Tem que ter atitude, sem exageros.”

7. Mentiras deslavadas
“Eu sei que não sou a mulher mais bonita que ele já viu na vida. Até elogio tem limite”, diz Maria Clara de Oliveira, de 32 anos. “Elogio é bom, mas se for convincente e sincero. Quando o homem já começa mentindo, boa coisa ele não é...”

8. Contando vantagens
Um tipo que Maria Clara odeia é o que chega se gabando. “Tem homem que para do seu lado e começa a fazer comentários em voz alta, com o amigo, se engrandecendo, só para a mulher ouvir. Até que, finalmente, ele te mete no assunto. Isso é batido e podre”, define.

9. Depois de beber demais
Pode ser bonito, inteligente e simpático... Tudo isso perde o valor se o cara se aproximar da candidata caindo de tanto álcool. “Se saiu para paquerar, maneire na bebida”, aconselha Melissa Pinheiro. “Homem bêbado ninguém merece!”, diz a moça de 33 anos.

10. Desrespeitando algum acompanhante
Por mais que você não queria perder a oportunidade, cuidado. “Um homem, uma vez, estava acompanhado e eu também. Ele esperou eu ir ao banheiro e veio me cantar. Isso mostra bem o caráter dele, concorda? Se não respeita a mulher com quem ele está, nem a mim, que estou acompanhada, o que esperar dele?”, pergunta Melissa.

Fonte: [Estilo IG]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário