Verdades e intrigas sobre a rede social


Quando o diretor David Fincher (Clube da Luta) anunciou que faria um filme sobre o Facebook, houve quem torcesse o nariz. Mas a verdade é que ele tinha uma baita história em mãos. Mark Zuckerberg, fundador da rede social, era apenas um calouro em Harvard quando criou um site onde as pessoas pudessem se relacionar com seus amigos. Foi sucesso imediato. Tanto que ele logo foi acusado de plágio por dois colegas, os gêmeos Winklevoss. Quando o brasileiro Eduardo Saverin, co-fundador e ex-melhor-amigo de Zuckerberg, foi cortado da empresa, Mark tomou outro processo. O filme, aliás é baseado na versão de Saverin dos fatos. O resultado é um blockbuster cheio de intrigas, traições e diz que diz – que rendeu a Zuckerberg o honroso (e infame) apelido de Cidadão Kane do nosso tempo.

Quatro marcos do Faceboook que mudaram também a sua vida:
Mais informações »
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário