Os Seis Medos


Pois bem, esses seis medos são os que temos que lutar diariamente para que possamos viver em paz. Nem sempre é fácil lutar contra eles, uma vez que eles aparecem em nossas vidas sem que nós tenhamos os convidado e, no mais da vezes, nos pegam de surpresa.
Portanto, jamais entregue os pontos quando algo na tua vida não der certo ou não ocorreu como o esperado. Não entregue os pontos e, tenha em mente seus objetivos.
Esses são os seis medos:
1 - POBREZA - Medo de ficar pobre, de piorar de condição, de privar-se de certas coisas,
2 - DOENÇA - Medo de ficar doente, de não recuperar-se, de depender de outrem;
3 - VELHICE - Medo de ficar velho, dar trabalho pros outros, ficar dependente da boa vontade de filhos, parentes e amigos;
4 - MORTE - Esse é o pior medo, pois temos certeza que ela virá. A Morte é o preço da Vida. Nos mostra que não somos nada diante do Universo e da Lei Divina.
5 - CRÍTICA - Críticas acontecem a todos instantes, só depende de você saber escutá-las quando importantes ou descartá-las quando desnecessárias. Ninguém é perfeito.
6 - PERDER O AMOR DE ALGUÉM - Este, na minha opinião, é o mais cruel de todos. Cruel por envolver sentimentos como saudade, baixa auto-estima, sentimento de impotência, tristeza, AMOR e, por fim, fracasso. De todos os medos, este é o que mais inquieta os corações de quem AMA alguém de verdade. Mais do que ligado à mente, este medo está ligado diretamente ao coração.
Apesar de muitos dizerem que sentimentos estão ligados ao nosso cérebro, tenho pra mim que, na verdade, quem controla os sentimentos é o nosso coração, principalmente o sentimento amor. Perder alguém dá dor de cabeça ou dor no coração? O coração bate forte, descompassado, imprimindo o ritmo do medo a cada batida. Você tenta doutrinar a tua mente para que não fique assim, mas o coração não obedece, parece que tem vida própria. E na minha opinião, tem vida própria sim! O coração é realmente uma máquina incrível. Enquanto o cérebro acumula as lembranças, o coração guarda as emoções, sentimentos, carinho, afeto e o amor. Creio que este seja o único dos seis medos aqui citados que aloja-se no coração, e não na nossa mente. Portanto, caso você esteja enfrentando este medo, creio que de nada lhe adiantará tentar doutrinar a sua cabeça, o seu cérebro para superá-lo, pois, tenho pra mim que o problema está bem no meio do teu peito, no teu coração.

texto da leitura diaria
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário