Holandês sem-abrigo torna-se milionário

A vida de Jerry Winkler começou mal, e tudo indicava que ia acabar pior. Mas a sorte fez uma aparição.  

Um jovem holandês que vivia na rua há cinco anos descobriu que era filho de um milionário, e o seu destino mudou. Hoje em dia vive confortavelmente. Uma das suas primeiras decisões foi criar uma fundação para ajudar outros sem-abrigo.
Dito assim, parece uma fantasia. No entanto, aconteceu. Durante grande parte da sua vida até agora, Jerry Winkler só teve azar. Mas o golpe de sorte que acaba de o atingir não o fez egoísta.
A história dos seus problemas começou aos 8 anos, quando a mãe (que criava sozinha os dois filhos) desenvolveu um tumor no cérebro. "Um dia, ela não acordou", conta Jerry Winkler à rádio holandesa. No hospital, o terrível diagnóstico foi o início do fim da infância quase idílica que ele hoje em dia recorda.

Drogas e crimes


Quando a mãe morreu, após uma última hemorragia a que os filhos assistiram, Jerry Winkler foi viver com o homem que julgava ser seu pai, entretanto casado com outra mulher. Depressa se tornou claro que o jovem estava a mais. As discussões eram constantes, e as saídas de casa também. Até que Winkler começou a tomar drogas. A primeira foi cocaína. "Só queria sentir-me melhor", explica. "Não me importava morrer".
Das drogas aos pequenos crimes foi um passo curto, e dos pequenos crimes a outros maiores também não demorou. "Se ia ser um criminoso, tinha de ser o maior de todos", diz hoje Jerry Winkler, sem especificar.
Acabou a viver na rua. Dormia onde calhava, três ou quatro horas por noite, com o casaco por cima do corpo. Mesmo agora que a sua existência é diferente, o rosto conserva as marcas desse tempo.
Ao longo dos anos que viveu assim, manteve-se em contacto com a família - o que implicava discussões constantes. No meio de uma delas, o padrasto revelou-lhe que não era o seu pai biológico. 

 

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário