Os 10 Mandamentos do Jogador


Cooperarás com o Narrador
Cada jogador tem de representar apenas um personagem, mas o Narrador tem de fingir que é cada um dos NPC’s que os jogadores venham a encontrar. Isto às vezes pode ser muito difícil. Com todas as informações que o Narrador tem de controlar, é muito importante que os jogadores cooperem com ele. Se alguma coisa terrível acontecer com seu personagem, não ponha a culpa no Narrador – ele só está fazendo o que as regras mandam. Tudo bem se você reclama do funcionamento das regras quando seu personagem tenta fazer alguma coisa muito especial ou difícil, mas lembre-se: a palavra final a respeito de uma ação ter dado certo ou não, sempre pertence ao Narrador.
Confiarás no Trabalho de Equipe
Um personagem sozinho é um personagem morto! Você está explorando algum lugar perigoso em equipe porque um grupo sempre oferece mais segurança e porque cada membro desse grupo tem habilidades especiais e úteis. Juntos, os personagens são capazes de enfrentar qualquer situação. Sozinhos, cada um deles teria muitos problemas.
Pensarás Antes de Agir

 
Os personagens enfrentam missões e lugares onde uma pessoa comum evitaria ir ou entrar, e com boas razões para isso. O mundo do RPG é cheio de armadilhas, monstros, e outros perigos por todos os cantos. Toda vez que os personagens forem entrar em algum lugar desconhecido, deve se assegurar que estão prontos para lutar, correr, se esquivar, ou fazer qualquer outra coisa que seja necessária a sobrevivência.
Explorarás Tudo
Não acredite que algum lugar ou roupa do corpo de algum inimigo morto esteja vazio só porque o Narrador disse: “Você não vê nada”. Alguns dos tesouros valiosos, pistas e itens interessantes estão escondidos debaixo de pedras, no fundo daquela poça ou atrás de uma pilha de escombros ou em qualquer lugar insuspeito. Há muitas e muitas pistas espalhadas pelos lugares da missão, capazes de ajudar os personagens se eles pararem um pouco para pensar sobre tudo que encontraram ou viram. Por exemplo: se as paredes de uma dungeon estão recobertas de fuligem, pode ser que haja um dragão que solte fogo por perto. Se os jogadores gastarem um pouco de tempo prestando atenção mesmo no que existe ao redor, podem ficar mais ricos ou mais saudáveis!
Assumirás teu Personagem
O jogo fica muito mais divertido quando você tenta imaginar como é seu personagem e procura fingir que é ele. Na verdade, quanto mais vezes você representar um personagem qualquer, mais ele vai adquirir uma personalidade própria. Talvez seu personagem tenha medo do escuro, ou talvez seja tímido. Ele se meteu nesta aventura porque odeia monstros, e gosta de chutar os traseiros deles ou porque gosta de explorar o mundo desconhecido? Ou ainda porque sua mãe mandou? Quem decide é você!
Dividirás seus Achados
Ao encontrar alguma coisa valiosa, o personagem deve se lembrar de que não poderia estar ali, onde está um tesouro, por exemplo, sem os outros membros do grupo. Não seja egoísta e ganancioso! Se você é um mago e achou uma espada montante mágica, porque não dar de presente para o guerreiro do grupo? Quando você encontrar itens mágicos e comprar equipamentos novos com o valor dos tesouros que encontrou, tente avaliar nas mãos de que personagem esses itens podem ser mais úteis ao grupo todo. Quando mais de um jogador quiser ficar com o mesmo item, a decisão deve ser feita pelo Mestre ou através dos dados. O que tirar o número maior fica com ele e pronto. Se der empate? Oras, jogue os dados novamente até não ter mais empate. Se você ganhar e for sensato, e ver que o item não será de utilidade pra você, pode valer a pena pensar bem e deixar que algum outro personagem fique com o item, se for de utilidade pra ele.
Agirás como Herói
Seu personagem terá de enfrentar muitas missões arriscadas e quanto mais poderoso ele for se tornando, mais perigosas serão elas. Alguns personagens começam a querer escolher demais suas tarefas e outros se tornam gananciosos demais (se for um ladrão, até que não é problema né?) e só concordam com o trabalho se tiverem a promessa de receber a parte do leão do tesouro. Infelizmente, personagens assim são os que já perderam sua essência de heróis. Ser um herói significa fazer as coisas certas, salvar pessoas em perigos e não selecionar as tarefas bem pagas. Vai sempre haver um tesouro, aonde quer que as aventuras conduzam o seu herói, mas não há nada que pague a glória de ser verdadeiramente heróico.
Não Ficarás com Raiva
Às vezes o número de que você precisa se recusa sair nos dados! Mas não há razão para ficar com raiva. Tudo isto faz parte do jogo – além de não ter graça só tirar números bons, as coisas nem sempre funcionam do jeito que a gente espera. A melhor coisa a fazer quando tudo dá errado é atribuir a má sorte à própria história. Se o seu personagem ladrão vive disparando as armadilhas, quando tenta desativá-las, pense apenas que você está sendo “um ladrão desajeitado”. Se o seu personagem guerreiro não consegue acertar os golpes de espada, você pode dizer alguma coisa assim: “Não dormi direito ontem à noite e lutar assim é mesmo muito difícil!”.
Praticarás, assim Conduzirás à Perfeição
Como é que você pode se tornar um bom jogador, daqueles que os jogadores e Narradores gostam de contar em suas aventuras e que também se diverte muito com o jogo? Bem, não há nada que a experiência não seja capaz de lhe ensinar! Jogue algumas aventuras para “sentir o ambiente”. Não se preocupe com os erros que cometer. Uma das melhores coisas do RPG é que ele funciona melhor quando todos cooperam. Você como jogador, encoraje os outros companheiros a trabalhar sempre em equipe. Preste atenção nas cenas, detalhes, coisas que o Narrador está descrevendo no momento, e ajuste a sua maneira de conduzir e interpretar bem no jogo, de forma que agrade o Narrador. Se os outros jogadores se divertirem com sua boa interpretação, com certeza o Narrador também vai se divertir!
Divertirás Acima de Tudo
Lembre-se de que, acima de todas as regras e de todos os mapas e por trás da ilusão de um mundo Medieval, Atual ou Futurístico, o RPG não passa de um jogo. O importante é que você e seus amigos estejam se divertindo juntos. Mantenha um clima positivo durante o jogo e todos vão se divertir. Não brigue na mesa, ou discuta com o Mestre ou colega de mesa e nem leve seus problemas pessoais com alguns deles na mesa. Seja sensato e discuta isso depois do jogo. Tenha discernimento que tudo isso não passa de um jogo. Afinal, RPG é diversão!
Bom, espero que com esses mandamentos do jogador, você possa melhorar sua interpretação e divertir ainda mais com seus amigos de mesa. Um abraço a todos...!

via rpgonline
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário